Dicas e Entrevistas

30 de março de 2021

Entre Freios e Impulsos

Como a Liderança pode freiar o potencial tanto quanto pode impulsionar o melhor de cada profissional?

Por Jacqueline Menezes

Como a Liderança pode freiar o potencial tanto quanto pode impulsionar o melhor de cada profissional?

“O QUE ESTÁ ATRÁS DE NÓS E O QUE ESTÁ DIANTE DE NÓS SÃO COISAS PEQUENAS COMPARADAS COM O QUE ESTÁ DENTRO DE NÓS”. (RALPH WALDO EMERSON)

São as narrativas pessoais de um número crescente de profissionais jovens e talentosos, experientes e novatos que me inspiraram a escrever este texto.

Quão intensa é a experiência de conviver nas organizações do século XXI? Que fatores são relevantes na liderança que impulsionam ou freiam as contribuições das pessoas?

O que mobiliza os Recursos Internos? Onde encontramos combustível e matéria-prima para estimular o desempenho, a paixão e o engajamento das pessoas para fazer o que tem que ser feito pelo significado – o para que fazemos – o impulso que possa fazer sentido e tenha propósito maior que a pessoa.

Seria utopia pensar que o motor do significado e propósito possa exercer tamanha diferença na vida das pessoas?

Quando identificamos o que nos freia – temos a clareza de qual caminho não queremos. Estamos aptos a desenhar novas e estimulantes fronteiras capazes de nos desafiar e elucitar potenciais nunca vistos.

Em que medida, a Liderança pode gerar ambientes libertadores de potencial e desenvolvimento?

Não são somente as palavras proferidas que desestimulam sem precedentes, nem sempre as organizações estão conscientes de que apesar da complexidade das tarefas e metas, ali se faz necessário construir um lugar de convivência, de permanente aprendizado e de busca incessante pela melhor versão de cada um.

A cada dia somos desafiados como líderes e ouvir além das palavras, presença atenta e curiosa no que vem de dentro daqueles que lideramos. Nas expressões por vezes ignoradas, nos olhares que falam muito mais do que palavras, no diálogo robusto que pode apontar novos e contagiantes direcionamentos.

Limitamos ou expandimos o potencial quando imaginamos ou supomos possibilidades tanto para si como para o outro.

Pense sobre o que te freia, bloqueia ou te limita.

E imagine novas possibilidades advindas de novas ideias e crenças atualizadas, imagine-se removendo as coleiras da mente, permita-se obter novos entendimentos e perspectivas.

Alongue-se mentalmente, de forma a abrir espaço para uma nova mentalidade, novas atitudes e conceitos de Liderança.